Derivativos

Derivativo é um mecanismo financeiro em que pagamentos futuros são definidos de acordo com o valor futuro de outros ativos, como por exemplo uma ação ou commodity, uma taxa de juros ou até mesmo a taxa de câmbio. O contrato de derivativo recebe esse nome justamente por essa característica básica: seu preço deriva de outro ativo. Nós iremos tentar explicar um pouco melhor como isso funciona nas próximas semanas.
No decorrer do desenvolvimento dos mercados financeiros, os derivativos foram criados como forma de proteção de agentes como comerciantes ou produtores contra a variação dos preços, durante períodos de escassez ou superprodução do produto em questão. Um produtor de suco laranja, por exemplo, poderia travar o preço de venda do suco para garantir seus lucros e se proteger da flutuação do mercado. Um importador, que tem passivos em dólares, poderia também usufruir de um contrato de derivativos para travar o preço do dólar a ser comprado no futuro. Hoje em dia, uma gama de produtos derivativos está disponível no mercado financeiro. Um dono de um pub londrino pode, por exemplo, adquirir um contrato em que ele receberá uma quantia caso chova muito no mês de Setembro, pois ele sabe que quando chove seus clientes ficam em casa. Esse derivativo é conhecido como weather derivative. Essa prática é conhecida como hedge e é praticada pelo investidor que deseja proteção.

No mercado de Ações é muito utilizado opções de compra ou venda, a vantagem de se utilizar uma opção de compra(Call Option) ou Opção de venda(Put option) é que você pode fazer uma posição muito alavancada.Em uma operação com opções tem 3 fatores cruciais o Prêmio(valor pago para adquirir o direito de compra ou venda), o valor de exercício(O valor futuro da ação) e a data de vencimento(até quando você pode exercer seu direito). Exemplo: suponha que você tem 50.000 reais e seus estudos mostram que a empresa X vai subir. Hoje o valor da ação é de 10 reais, mas você acha que vai chegar a 20 dentro de um ano. Nesse cenário você tem duas opções:

Compra normal Compra com opções(call)
Valor investido R$50.000,00 Premio R$1,00
Valor pago R$10,00 Valor de exercício R$12,00
Qntde de ações 5000 Data de vencimento 12/10/2016
Valor futuro R$20,00 Número de opções compradas 50000
Total R$100.000,00 Total R$1.000.000,00
Lucro R$50.000,00 Lucro da operação R$350.000,00

Repare ainda que no caso de compra com opções você tem certeza de qual o seu prejuízo máximo, que seria apenas prêmio pago, caso as ações não cheguem em um valor que seja bom, no qual não seja bom exercer as opções. Existem aindas muitas estratégias de negociações com opções, tentaremos passar mais algumas nas próximas semanas.

9 de fevereiro de 2017

Derivativos

Derivativo é um mecanismo financeiro em que pagamentos futuros são definidos de acordo com o valor futuro de outros ativos, como por exemplo uma ação ou commodity, uma […]
15 de janeiro de 2016

Decisão do FED

O grande destaque da semana no mercado internacional foi a decisão do FED (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos) de manter as taxas básicas de juros entre 0 e 0,25%.
12 de dezembro de 2015

Novo Pacote de Ajuste Fiscal

No mercado doméstico, o grande destaque da semana foi oanúncio do novo pacote de ajuste fiscal, após a S&P ter tirado grau de investimeto do Brasil. O pacote prevê […]
12 de dezembro de 2015

Decisão do FED

O grande destaque da semana no mercado internacional foi a decisão do FED (Federal Reserve, o banco central dos Estados Unidos) de manter as taxas básicas […]