Apple vai lançar série sobre Dr. Dre

De acordo com o site “The Hollywood Reporter”, a gigante de tecnologia do Vale do Silício, a Apple Inc., que há muito vinha flertando com a área de televisão, está finalmente desenvolvendo sua primeira série numa tentativa de fortalecer seu serviço de música por assinatura, o Apple Music.

Estrelada por Dr. Dre, rapper pioneiro na produção de hip-hop e executivo sênior da empresa americana, a série intitulada “Vital Signs” (ou “Sinais Vitais”, em tradução livre) terá seis episódios e deve ser disponibilizada no serviço Apple Music. Ainda não está claro se a Apple TV, o iTunes ou até mesmo algum distribuidor tradicional de televisão estarão envolvidos.

A ligação de Dr. Dre com a Apple começou em 2014, quando a companhia pagou US$ 3 bilhões pela fabricante de fones de ouvido Beats Electronics e pelo serviço de “streaming” de música Beats Music, dos quais ele foi um dos fundadores.

O tema da série está sendo mantido em sigilo. No entanto, tudo indica se tratar de uma semi-autobiografia de Dr. Dre. Neste sentido, o projeto poderia até ser encarado como continuação do bem-sucedido filme “Straight Outta Compton – A História do NWA”, que conta a trajetória de Dre ao sair das ruas empobrecidas do subúrbio de Compton, em Los Angeles, e termina com Dre indo abrir sua gravadora, se firmando no topo da música comercial. Produzido pelo rapper, o longa arrecadou U$ 200 milhões em bilheteria e foi indicado ao Oscar de Melhor Roteiro Original.

O próprio Dre selecionou a equipe responsável pela criação da série, incluindo o roteirista Robert Munic (filme “Veia de Lutador” e série “Empire”), que assina todos os seis capítulos. Por sua vez, a direção dos episódios está a cargo do veterano diretor de clipes Paul Hunter, que gravou vídeos para Michael Jackson, Britney Spears e Jennifer Lopez, além de ter realizado o filme “O Monge à Prova de Balas” (2003).

Até então, o maior experimento da Apple no ramo de streaming audiovisual foi a transmissão de um show ao vivo da cantora Taylor Swift, no Apple Music. Com a planejada série, a Apple vai se tornar a mais recente das empresas de tecnologia a usar programação original para atrair novos clientes. A Netflix Inc. e a Amazon.com Inc. já tiveram êxito com séries criadas exclusivamente para seus serviços de vídeo. Já as iniciativas da Microsoft Corp. e do Yahoo Inc. tiveram resultados mistos.

Os programas de vídeo estão se tornando um campo de batalha para os serviços de música. O Spotify AB, maior rival da Apple Music nos serviços de streaming, recentemente começou a oferecer clips de empresas como ESPN e BBC, entre outros.

16 de fevereiro de 2017

Apple vai lançar série sobre Dr. Dre

De acordo com o site “The Hollywood Reporter”, a gigante de tecnologia do Vale do Silício, a Apple Inc., que há muito vinha flertando com a […]
16 de fevereiro de 2017

Nubank: resolvendo a burocracia com Data Science

2015 fechou o ano com uma revolução no setor de crédito: o Nubank. E isso após sermos surpreendidos com os comerciais do Banco do Brasil sobre […]
16 de fevereiro de 2017

Austrália e seus 25 anos sem recessão

A Austrália é um caso único no mundo desenvolvido… Esta semana (na terça-feira) foi comemorado o Australia day, que celebra o aniversário da chegada da primeira […]
16 de fevereiro de 2017

Investindo no Futebol

Você já se imaginou dono de um time de futebol? Não podemos afirmar com certeza, mas muito provavelmente você não é um Sheik árabe ou um […]